​Donizete da Farmácia sai do PSDB e reforça a chapa de vereadores do MDB

Donizete da Farmácia diz que faz questão, sempre, de respeitar e de ser respeitado por todos os francanos

Postado em: em Política

O Diretório do MDB de Franca realizou uma das principais conquistas em seu quadro para a disputa de uma cadeira no Legislativo francano. 

Ao retirar do PSDB o comerciante Antônio Donizete Mercúrio, conhecido por Donizete da Farmácia, o MDB busca construir uma chapa forte para concorrer às eleições de 2020.

O vereador é um dos mais respeitados da atual legislatura de Franca. Foi presidente no ano de 2019 e realizou um bom trabalho no conceito dos colegas vereadores e da população.

Com 57 anos, tem um traço marcante: sua simplicidade e o fácil acesso pelas pessoas. 

Isso se deve ao trabalho no balcão da Drogaria Mercúrio. “É lá que eu faço grandes amigos, conheço muita gente, tiro o sustento da família e foi graças a isso que entrei na política”, diz o vereador.

Donizete é nascido e criado em Franca. Morador na Avenida Brasil, na Cidade Nova, é filho de Luiz Mercúrio e Maria Cortez Mercúrio e afirma a todos que se orgulha muito de seus pais. 

Começou a trabalhar ainda criança, aos 11 anos, na Farmácia Nossa Senhora de Fátima, de propriedade do senhor Manoel Custódio da Silveira, que posteriormente vendeu a farmácia aos irmãos de Donizete, de forma facilitada, pois não tinham muitas posses.

Foi através do filho do senhor Marcial, Gilberto Marcial Freitas, que Donizete se filiou ao PMN, no ano de 2001. 

“O Gilberto disse que eu era o primeiro filiado de Franca no partido. Até então, mesmo filiado, eu não tinha nenhuma intenção de ser político. Até porque não iria concorrer com meu tio, José Mercuri, vereador que cumpriu 11 mandatos em Franca”, afirma Donizete da Farmácia.

Donizete foi uma surpresa e ele se elegeu com a expressiva marca de 2604 votos. 

No princípio, não teve vida fácil, mas foi encontrando seu caminho na Câmara Municipal. Tanto que, nas eleições seguintes, em 2008, aumentou o número de votos para 2904, mas não foi reeleito por conta do coeficiente eleitoral. 

Mas se sagrou o sétimo mais votado da cidade.

Fora da Câmara, Donizete se candidatou ainda pelo PMN a deputado federal e mesmo com uma campanha sem recursos financeiros bateu à casa dos 11.604 votos, o que o motivou a tentar novamente uma vaga na Câmara Municipal.

Alcançou 3.126 votos e conquistou seu segundo mandato de vereador.

Donizete afirma que não segue o padrão tradicional de político. 

O vereador afirmou ainda ser uma pessoa de personalidade forte assumida, votando sempre a favor do que acredita e contra o que não entende ser bom para a população, sem jamais aceitar pressões externas. 

Donizete diz que faz questão, sempre, de respeitar e de ser respeitado por todos e que sua postura conta com a aprovação dos francanos.


Artigos Relacionados