Divórcio é contagioso entre amigos, de acordo com estudo de Harvard

Se o seu círculo de amigos é composto por indivíduos divorciados, suas chances de se separar crescem 147%

Postado em: em Comportamento

Já dizia o ditado: "diga-me com quem andas e eu te direi quem és". Apesar de ter um cunho crítico, a máxima pode ter raízes científicas, uma vez que sugere que amigos, muitas vezes, podem agir por imitação. 

Se pela internet nós já podemos ser influenciados por pessoas que nem conhecemos, imagine no nosso círculo de amizade. 

Indo um pouco mais além de atitudes simples, um grupo de cientistas norte-americanos das universidades de Harvard, Brown e San Diego se dedicaram a pesquisar se as pessoas ao nosso redor podem influenciar o nosso estado civil, especialmente no divórcio.

E os resultados são surpreendentes: as pessoas têm chances 75% maiores de se divorciar quando um amigo próximo toma essa decisão. 

Quando se tem vários amigos separados, essa chance sobe para 147%, em comparação às pessoas que estão casados e têm amigos próximos com mesmo estado civil. 

Ao olharmos esse tipo de informação dentro da própria família, suas chances de terminar um casamento são de 22% se o seu irmão é divorciado. Já para colegas, esse número cresce para 50%.

É claro que não podemos culpar os amigos por acontecimentos do tipo, mas é importante lembrar que é sempre bom ter alguém que já passou por uma situação similar por perto quando encaramos dificuldades.


Artigos Relacionados