Disputa para deputado federal pode ter até oito candidatos por Franca

Entre candidatos com mais e menos expressão, risco é pulverização de votos não eleger ninguém

Postado em: em Política

A disputa para deputado federal, mais uma vez, deverá ser dura para os candidatos de Franca. Até o momento, oito possíveis nomes já circulam como certos para o pleito, que acontecerá em outubro deste ano.

A lista de possíveis candidatas é extensa, passando por políticos mais conhecidos, como Adermis Marini (PSDB) e Marco Ubiali (PSB), a personagens ainda desconhecidos em disputas eleitorais, incógnitas políticas, como Alex Júnior (PSL), o policial militar Ramsés Avanti e o comerciante Hayslan Pires (Patriotas).

Adermis e Ubiali já estão praticamente em campanha, com articulações e reuniões em Franca e diversas cidades da região, onde já têm equipes trabalhando seus nomes e costurando alianças. São os únicos que já tiveram o "gostinho" de serem deputados federais. Adermis, por um semestre, e Ubiali em dois mandatos. Atualmente, ambos são suplentes.

Outro nome conhecido da população é Alexandre Ferreira, que deixou o PSDB e foi para o Solidariedade para disputar a vaga na Câmara Federal. Ex-prefeito de Franca, foi impedido pelo partido de tentar a reeleição, ao perder as prévias para Sidnei Rocha.

Quem também é nome certo na briga é o delegado de polícia Abimael David (PR), ex-prefeito de Buritizal e irmão da provável candidata a deputada estadual e vereadora por três mandatos em Franca, Graciela David, delegada da Delegacia de Defesa da Mulher em Franca.​ Os irmãos farão "dobradinha" em Franca e na região para buscar os votos necessários. Se Tiririca tentar seu terceiro mandato e repetir o bom desempenho de outras eleições anteriores, as chances de Davi se eleger serão maiores.

Gilsinho de Souza, já devidamente filiado ao PRB, surge entre os postulantes. Sua mudança de partido foi providencial, uma vez que a expectativa do partido é que seja necessário uma quantidade menor de votos que o DEM para se eleger. Conta com o apoio do pai, o prefeito de Franca, Gilson de Souza, que enfrenta muitos problemas em seu mandato, como a insatisfação dos servidores públicos municipais e investigações no Ministério Público.




Artigos Relacionados