Depois de 2 anos começa na segunda-feira (16) o conserto do Relógio do Sol

Franca vai tentar recuperar o relógio único no mundo: o outro existente na França tem mecanismo diferente

Postado em: em Cotidiano

A Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, Artes, Cultura e Lazer, iniciará, nesta segunda-feira, 16, a restauração do Relógio do Sol que fica na Praça Centra.

O Relógio do Sol, sem igual no mundo, foi danificado durante um temporal em dezembro de 2017, quando árvores apodrecidas tomaram sobre o monumento histórico, construido por Frei Germano.

A empresa responsável pelas obras é a Cantaria Conservação e Restauro Ltda ME, de Belo Horizonte (MG). 

Em empresa ganhou a licitação ao apresentar o menor valor de R$ 238 mil.

A restauração será feita no próprio local. Será construída uma tenda de vidro no local, totalmente climatizada, possibilitando que a população acompanhe todo o trabalho dos restauradores.

Além disso, será preciso fazer algumas intervenções na área de jardinagem para proteger o Relógio do Sol de possíveis novos temporais tendo como consequência queda de árvores. 

A previsão é de que a restauração seja concluída no final do ano.


Artigos Relacionados