Dengue preocupa em Franca e Prefeitura pede atenção especial da população

Somente este ano, a cidade registrou 154 casos da doença; Com isolamento social, prevenção pode ser reforçada

Postado em: em Saúde

Apesar de grande parte das atenções da Prefeitura de Franca estar voltada para atividades de orientação e prevenção ao Coronavírus, uma pandemia que avança e ameaça comprometer a vida no planeta e no país, ela apela à população para que aproveite da melhor forma o seu tempo em casa para evitar o aumento de criadouros do mosquito da dengue.

O período de calor, com pancadas de chuva, é propício para a proliferação das larvas do mosquito Aedes aegypti, causador da doença, que também é uma grande ameaça à saúde pública.

Inclusive, a cidade tem até o momento, 154 casos de dengue contabilizados, sendo 11 autóctones, 24 negativos, e um importado.

Por isso, a Vigilância Sanitária é enfática: cada morador deve dedicar de 10 a 15 minutos por semana ou durante o dia, para uma faxina geral em suas residências, nos quintais, caixas d' água, garagens, barracões, enfim, onde pode haver água parada. 

As ações preventivas para a conscientização e combate ao mosquito transmissor da dengue, mesmo com as limitações por conta das orientações para se evitar a disseminação do Coronavírus continuam pelos meios disponíveis.

É preciso que a população esteja em alerta e não deixe apenas para que os agentes atuem, procurem fazer a sua parte conversando com o familiar e o vizinho, enquanto vive essa fase de ‘quarentena’. 

Somando-se a esse estado de atenção, a Secretaria de Serviços e Meio Ambiente continua promovendo os Arrastões da Limpeza para retirar das casas materiais inservíveis, como móveis velhos, para evitar que se tornem criadouros, dando a destinação correta a eles.



Artigos Relacionados