Cristais Paulista terá Centro Estadual de Estudos de Línguas

Novos Centros de Estudo serão entregues (além de Cristais): em Américo Brasiliense, Juquitiba e Franca.

Postado em: em Educação

A área da Educação é uma das mais importantes da gestão do Governo do Estado de São Paulo, com inúmeras ações e medidas para elevar o nível de ensino e os serviços prestados na rede estadual.

Entre as ações de maior relevância estão a implantação do NOVOTEC, programa que dará oportunidade aos alunos do Ensino Médio de cursarem também o Ensino Técnico profissionalizante de alta qualidade, simultaneamente, e saírem com dois diplomas, contratação de professores, inauguração de creches e centros de estudo de línguas e lançamento do programa Escola + Bonita.

Entre as ações está a instalação de 4 novos Centros de Estudo de Línguas entregues (além de Cristais Paulista): em Américo Brasiliense, Juquitiba e Franca. O Estado conta com 200 destas unidades.

OUTRAS AÇÕES

Confira abaixo as outras principais realizações do Governo do Estado de São Paulo nos três primeiros meses do ano na área da Educação:

NOVOTEC: jovens do ensino médio estadual em cursos técnicos gratuitos. Já está em funcionamento em 10 escolas estaduais. Objetivo é triplicar o número de vagas, chegando a 180 mil, até 2022.

Educa SP – Ensino Médio nas Universidades: uso da estrutura de universidades públicas e privadas para cursos complementares no contraturno para 30 mil alunos do ensino médio somente neste ano.

3.230 professores concursados contratados na rede estadual.

8 mil professores temporários contratados: o governo paulista conseguiu, no STF, a suspensão de liminar que impedia sua contratação; 60 mil alunos seriam prejudicados.

20 novas creches.

Programa Escola + Bonita163 escolas revitalizadas; a meta é chegar a 2 mil até o final da gestão.

Presos em regime semiaberto fazem serviços de pintura e revitalização nas escolas estaduais.

FATEC de Matão.

Programa Visão do Futuro: 13,3 mil alunos do 1º ano do Ensino Fundamental passaram por teste de visão; 3,2 mil encaminhamentos para hospitais universitários.


Artigos Relacionados