Covid-19: Autoescolas de Franca pedem ajuda de vereadores para reabrirem

Segundo representante do setor, alguns proprietários foram inscritos na Dívida Ativa por atraso nos impostos

Postado em: em Política

Representante das autoescolas da cidade, Silvia Cristina de Mello Campos (Foto: Bruno Piola/Câmara Municipal de Franca)

Nessa terça-feira, 02, a Câmara Municipal de Franca ouviu mais duas solicitações de apoio. Durante a 14ª Sessão Ordinária, a representante das autoescolas da cidade, Silvia Cristina de Mello Campos, usou a Tribuna Livre para pedir a reabertura dos estabelecimentos comerciais. 

Em seguida, foi a vez do treinador de basquete feminino Aldo Rocha Júnior requerer a reativação do Bolsa Atleta pela Prefeitura.

“As autoescolas estão passando por uma dificuldade enorme. O decreto municipal [nº 11.055/2020] liberou o nosso funcionamento, mas precisamos da reabertura do DETRAN, que bloqueou todos os serviços online. Não temos uma resposta clara”, afirmou Silvia.

Ela pediu apoio aos parlamentares para mediar a questão com o governo estadual. “Nós estamos esquecidos, estamos sem trabalhar há 80 dias. Temos família e funcionários, mas não temos como cumprir com nossas obrigações”, lamentou.

A representante também relatou que alguns proprietários foram inscritos na Dívida Ativa por atraso no pagamento de impostos, medida que ela considerou uma “insensibilidade”.

Treinador de basquete feminino de Franca, Aldo Rocha Júnior (Foto: Bruno Piola/Câmara Municipal de Franca)

A porta-voz recebeu a solidariedade dos vereadores Adérmis Marini (PSDB), Carlinho Petrópolis Farmácia (PL), Corrêa Neves Jr. (PSD), Marco Garcia (Cidadania) e Nirley de Souza (PP). 

Este último sugeriu que um ofício coletivo assinado pelos vereadores seja encaminhado ao governador João Dória para resolver a questão. 

De maneira similar, o presidente da Casa de Leis, o vereador Pastor Palamoni (PSD), propôs que o líder do prefeito no Poder Legislativo local, o parlamentar Tony Hill (DEM), marque uma reunião da categoria com o prefeito Gilson de Souza (DEM).

Depois da fala de Silvia, Aldo relatou que atualmente há 350 pessoas em Franca (entre atletas e treinadores) que não tem recebido o benefício do Bolsa Atleta desde o mês passado.

 “Aguardamos até o dia de hoje uma resolução. Muitos deixaram de ter outra atividade para se dedicar a ser atleta ou treinador. Assim como outras classes, estamos passando dificuldades. Alguns não tem alimento em casa. Queríamos apoio para tentar mobilizar junto ao Jurídico da Prefeitura a retomada do benefício. Nós, como esportistas, somos representantes da cidade”, declarou, chegando a se emocionar durante seu discurso. Ele sugeriu fazer um adendo ao decreto municipal de flexibilização das atividades, porque a realização de um novo chamamento é inviável pelo tempo que o processo leva.

“Para retomar os treinamentos, vamos adotar todos os protocolos de saúde. Não vamos colocar em risco a saúde dos atletas”, garantiu o treinador.

Ele recebeu o apoio dos parlamentares Adérmis Marini, Marco Garcia, Corrêa Neves Jr., Della Motta (Podemos), Nirley de Souza (PP), Donizete da Farmácia (MDB), Kaká (PSDB) e Pastor Palamoni.

Os discursos de Silvia e Aldo podem ser conferidos na íntegra pelo Youtube (https://youtu.be/eQgg1NO1Xms?t=1650) e pelo Facebook (https://www.facebook.com/camaradefranca/videos/570534187221201/).

(Comunicação Institucional Câmara)


Artigos Relacionados