Contra estradas fechadas, entidade dos transportes foi ao Supremo Federal

Entidade diz para a população ter uma certeza: a de que não vão faltar itens de primeira necessidade

Postado em: em Trânsito

​Os municípios da região, principalmente de Minas Gerais, que colocaram manilhas ou postes obstruindo a entrada e saída das cidades, limitando o trânsito de carros e de pessoas, podem ter uma decisão sobre o assunto nas próximas horas.

E dependendo da decisão, muitas cidades da redondeza mineira vão precisar ter outras ferramentas para combater o proliferação do coronavírus.

É que a Confederação Nacional dos Transportes (CNT) ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação em que contesta decretos municipais e estaduais que determinaram o fechamento de limites entre municípios e divisas com o objetivo de minimizar os efeitos do contágio do novo coronavírus. O relator é o ministro Luiz Fux. 











Artigos Relacionados