Como melhorar ainda mais aquela cerveja gelada para deixar o verão refrescante

Especialistas ensinam a harmonizar a bebida com petiscos do verão e os estilos que ajudam a refrescar no calor

Postado em: em Gastronomia


Cerveja e verão é a combinação perfeita para qualquer amante de uma gelada. Mas você sabia que tem como melhorar? 

Entre as artesanais, você pode dar um toque especial, optando por sabores mais leves e menos alcoólicos.

"Falar de cervejas que combinam mais com a estação é um assunto polêmico. É claro as mais leves, menos alcoólicas, de corpo mais baixo e com maior drinkability acabam combinando melhor com o verão".

Quem diz é Fernanda Bressiani, sommelière, mestre em estilos e coordenadora da Escola Superior de Cerveja e Malte (ESCM).

Modelos que vão bem no calor
Para a sommelière, os rótulos que vão bem no período mais quente do ano são as catharina sour, tipo inventado no Brasil, que leva frutas na sua composição, as witbiers, que trazem o frescor da casca de laranja, e as sessions, que, na verdade, são vários estilos que foram “suavizados”.

Temperatura
Em geral, a sugestão é que as bebidas estejam entre 5 e 6 graus para qualquer estilo. 

"Mas a temperatura de consumo da cerveja artesanal varia de acordo com o tipo escolhido", ressalta Fernanda. 

Quando muito geladas, elas perdem seus atributos de aroma e sabor, por isso vale normatizar para os graus recomendados e deixar esquentar um pouco mais no copo antes de degustar.

Dicas para saborizar melhor no verão
Para evitar a ressaca e te ajudar a desfrutar de uma boa cerveja, alterne a bebida com água. 

Já para aliviar o calor, as apostas da sommelière fogem do óbvio.

Cervejas com sabores e aromas cítricos tendem a dar a sensação de mais refrescância.

"Drinques com cerveja são uma excelente opção para os dias quentes, além de explorar os aromas e sabores da bebida, trazem experiências gustativas complexas e muito interessantes", recomenda.

Harmonização perfeita
Entre os petiscos e pratos mais elaborados, harmonizar as cervejas artesanais não é uma tarefa tão simples. 

Para isso, Fernanda e a chef Nana Oliveira dão dicas abaixo.

1. Porções com carne de porco ou combinações de personalidade

"Para uma variação de recheios e preparos, sugiro uma cerveja levemente ácida, refrescante e bem carbonatada, que vai trazer mais complexidade ao conjunto, além de cortar a gordura do porco e preparar o palato para a próxima garfada", aponta a sommelière. E esse tipo de bebida equivale ao estilo belga saison.

2. Receitas com acidez e picância

Do vinagrete do churrasquinho a outros acompanhamentos e petiscos que têm acidez, a sugestão é o estilo alemão Gose.

"Cervejas muito intensas tendem a sobrepor o prato", alerta Fernanda, que elege o modelo para harmonizar por semelhança.

3. Pratos aromáticos e petiscos fritos


4. Queijos e salames




Artigos Relacionados