​Comissão de Transplantes luta para salvar mais vidas e divulgar importante trabalho

É um setor que faz constantemente uma busca ativa, com objetivo de identificar doadores

Postado em: em Saúde

Um trabalho que poucas pessoas conhecem e sabem que é realizado em Franca é o da Comissão Interna de Transplantes da Santa Casa. É um setor que faz constantemente uma busca ativa, com objetivo de identificar pacientes com morte cerebral que sejam potenciais doadores de órgãos - possibilitando salvar vidas de outras pessoas em fila de espera para transplante.

Não é um trabalho fácil. Havendo a confirmação do óbito do paciente, os profissionais da Comissão iniciam um importante processo com várias frentes: desde o contato para atenção e apoio aos familiares - esclarecendo sobre a doação dos órgãos, até aspectos burocráticos envolvendo documentação e notificação às equipes de captação após a autorização da doação pela família.

No âmbito interno da Santa Casa, a Comissão de Transplantes atua no treinamento dos colaboradores dos diversos setores, pois é importante que os profissionais da saúde estejam bem informados sobre todos os aspectos que envolvem a doação de órgãos.

“É importante destacar que todo o processo é realizado com extremo profissionalismo por parte dos envolvidos, com total transparência e respeito ao fato essencial: a autorização da família para a doação dos órgãos do ente querido que faleceu”, diz a Santa Casa, sobre o trabalho da comissão.


Artigos Relacionados