No NBB, Sesi Franca bate Flamengo e fica a uma vitória de título: 77 x 71

Rubro-Negro tem começo arrasador, mas donos da casa reagem e conseguem virada no jogo e na série

Postado em: em Esportes

Na mais equilibrada das partidas finais do atual Novo Basquete Brasil (NBB), o Franca conseguiu vencer o Flamengo por 77 a 71, no ginásio Pedrocão, no interior de São Paulo, que recebeu 5,3 mil torcedores na tarde deste sábado. 

O resultado colocou o time paulista na liderança da série final, 2 a 1, e dá a possibilidade de levar o título em caso de nova vitória no jogo 4, que acontecerá no próximo sábado, às 14h30, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. 

Ao Flamengo resta vencer para forçar o quinto jogo, previsto para o Pedrocão, no dia 8 de junho.​

Mais uma vez, o ala Lucas Dias conseguiu um duplo-duplo, com 18 pontos e dez rebotes. 

O armador Alexey também teve ótima atuação, com 16 pontos, e foi eleito o melhor atleta do jogo. 

Pelo Rubro-Negro, o ala Marquinhos, apagado no jogo 2, se recuperou e foi o cestinha do time, com 16 pontos e sete rebotes. 

O argentino Franco Balbi e o pivô Anderson Varejão fizeram 13 pontos cada. 

O primeiro tempo do jogo 3 foi equilibrado, porém, com dois quartos muito desequilibrados. 

O início foi totalmente do Flamengo. Agressivo na defesa e com um ritmo veloz, que havia faltado ao Rubro-Negro na partida anterior, o time carioca de cara abriu 9 a 2, com boa participação de Olivinha. 

Marquinhos também apareceu bem no ataque, assim como o banco flamenguista, que simplesmente fechou o período com quatro bolas de três em sequência – duas de Deryk, uma de Nesbitt e outra de Davi, que deram ao Fla uma confortável liderança de 17 pontos: 32 a 15.

O segundo quarto contou com os donos da casa completamente ligados e a equipe carioca sem reação em quadra ao tomar 13 a 0 e só conseguir seus primeiros pontos depois de seis minutos jogados no período, quando Marquinhos acertou uma bola de três. 

Com 11 pontos, o armador Alexey ditou a volta de Franca ao jogo. 

Uma enterrada do ala Didi levantou a torcida no Pedrocão. No fim do quarto, uma bola precisa de Jhonatan de longa distância manteve o Flamengo à frente no placar, mas com uma diferença bem menor: 42 a 39. 

A volta do intervalo mostrou um jogo mais pegado, com mais erros dos ataques. 

O Flamengo conseguiu ficar à frente após duas bolas de três de Marquinhos, bem mais ligado na partida após a atuação apagada no jogo 2. 

Mas os donos da casa, enfim, assumiram a ponta do placar com cestas do americano David Jackson. 

Com 55 a 54, Franca teve sua primeira liderança desde o 2 a 0 no começo da partida.

No quarto decisivo, o volume ofensivo permaneceu baixo, com o Flamengo ligeiramente superior, com boas participações de Anderson Varejão e Jhonatan. 

Na reta final do jogo, Lucas Dias e Rafael Hettsheimeir chamaram a responsabilidade e recolocaram o time da casa na liderança. 

Com a proximidade da decisão do jogo, os ataques voltaram a funcionar, com o argentino Franco Balbi acertando uma bonita bola de três e deixando o Fla com esperança de vencer, apenas pra depois ver um ataque frenético do time paulista que terminou com rebote de Elinho, assistência, cesta de Jimmy e mais uma falta. 

Os donos da casa fizeram 77 a 70 e, com os vários erros no minuto final de jogo, conseguiram vencer a partida por 77 a 71. 

Escalações

Franca: Elinho, Lucas Dias, Hettsheimeir, Jimmy e David Jackson. Suplentes: Alexey, Didi, Cipolini, Big, Augusto, Guilherme e André Góes. Técnico: Helinho 

Flamengo: Franco Balbi, Crescenzi, Olivinha, Marquinhos e Anderson Varejão. Suplentes: Matheus Weber, Davi, Jhonatan, Deryk, Mineiro, Nesbitt e Ruan. Técnico: Gustavo De Conti


Artigos Relacionados