Com nova concessionária, motociclistas passarão a pagar pedágio na região

Apesar disso, concessão deve reduzir em até 20% o valor da tarifa por quilômetro em relação ao atual

Postado em: em Economia

O trecho do eixo viário entre Ribeirão Preto, Bebedouro e Igarapava ficará, nos próximos 30 anos, sob os cuidados de uma nova concessionária, a Entrevias. Mas a notícia não é boa para os motociclistas, já que o novo contrato de concessão estipula a cobrança de tarifa para quem trafega pelas rodovias de moto – o que até então não acontecia.  

Segundo a Entrevias, haverá uma pista exclusiva para o recolhimento da tarifa dos condutores de motos, com tecnologia de cobrança semiautomática. Porém, os valores de pedágio a serem praticados ainda não estão definidos, visto que os cálculos finais das novas tarifas ainda são realizados pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo).  

Para a Artesp, a cobrança dos motociclistas, que já ocorre em todas as concessões de rodovias feitas a partir de 2008, "torna a tarifa de pedágio mais justa ao distribuir entre todos os perfis de usuários da rodovia os custos de operação, socorro médico e mecânico, conservação e investimentos em novas obras".  

Ainda segundo a agência, como motocicletas são veículos mais leves, "o valor do pedágio é metade do valor estipulado para veículo de passeio".  

PEDÁGIOS MAIS BARATOS

Por outro lado, a concessão entre a nova concessionária, a Entrevias, e a Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artestp), permitirá a redução de 20% do valor da tarifa por quilômetro em relação ao atual. Com isso, os valores cobrados nas praças de pedágio do trecho ficarão até 16% mais baratos.

"Vamos ampliar o atendimento e reforçar, cada vez mais, as parcerias com a comunidade, os municípios e com quem utiliza a rodovia. Queremos estar presentes como parceiros no dia a dia das pessoas", destaca o diretor presidente da Entrevias, Sérgio Santillan. 

A economia será ainda maior para os usuários que pagarem pelo sistema de cobrança automática, no qual será aplicado um desconto adicional de 5%. Para o motociclista, a Entrevias utilizará uma pista exclusiva para o recolhimento da tarifa, com uma tecnologia inédita de cobrança semiautomática. Os cálculos finais das novas tarifas estão sendo feitos pela Artesp.

A Concessionária também prometeu ampliar o número de bases do Serviço de Atendimento aos Usuários (SAU). Ao todo serão nove pontos de apoio ao longo das rodovias na região de Ribeirão Preto, três a mais que os oferecidos.


Artigos Relacionados