Com mais 105 vítimas nesta 2ª, Brasil chega a 1.328 mortes confirmadas

Segundo divulgação do Ministério da Saúde nesta segunda, 13, país tem 23.430 infectados por coronavírus

Postado em: em Saúde

O Brasil confirmou mais 105 mortes causadas pelo coronavírus (causador da covid-19), um aumento de 9% em 24 horas, e agora contabiliza 1.328 óbitos. 

Os números foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda, 13.

O total de pessoas infectadas confirmadas teve um aumento 1.261 em um dia, o que totaliza um crescimento de 6%. O país tem um total de 23.430 casos de coronavírus.

Aproximadamente 50% do total de mortes (608) está concentrada em São Paulo. 

O estado já contabiliza 8.865 casos confirmados. O governador João Doria determinou, na última semana, isolamento social até o dia 22 de abril e vale para os 645 municípios.

Desde a última semana, o Ministério da Saúde passou a divulgar os números de infectados de coronavírus levando em conta a população. 

A taxa nacional é de 111 casos confirmados por 1 milhão de habitantes. O Amazonas está com a taxa mais preocupante, com 303 infectados por 1 milhão de habitantes.

Segue o Amapá, com 281 por 1 milhão de habitantes; e o Distrito Federal com 209 por 1 milhão de habitantes.

Analisando apenas as cidades, as maiores taxas são Fortaleza (573 casos por 1 milhão de habitantes), São Paulo (518), e Manaus (482).

O Ministério da Saúde está fazendo uma força-tarefa para realizar o maior número de testes possíveis e identificar os infectados por coronavírus. 

Há algumas semanas, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, vem defendendo que não há a possibilidade de testar todos os pacientes e que a prioridade são os casos de internação.

Até a próxima quarta-feira, 15, o governo vai entregar aos estados um total de 451.432 testes. 

O Rio de Janeiro vai receber a maior parte (118.264). Paralelamente, as unidades federativas também tentam comprar testes mas há uma falta do material pela alta demanda em todo o mundo.


Artigos Relacionados