Com festa especial, Batalhão da Saudade celebra 30 anos neste sábado, 27, em Franca

Apresentação musical terá início às 10h, na Praça Matriz, com algumas participações especiais

Postado em: em Cultura

Componentes do Batalhão da Saudade desfilando no aniversário do BGP, em Brasília (Foto: Reprodução)

Neste sábado, 27 de abril, às 10 horas, na Praça Nossa Senhora da Conceição - Matriz, acontecerá a comemoração dos 30 anos do Batalhão da Saudade, que contará com apresentação especial da Banda do BGP (Batalhão da Guarda Presidencial) e também do Pelotão de Ordem Unida sem Comando.

Banda de Música do BGP-Batalhão da Guarda Presidencial (Foto: Reprodução)

Toda a população está convidada a participar e assistir estas belíssimas apresentações que, desde 1990 homenageiam os reservistas de todos os anos do BGP-Batalhão da Guarda Presidencial através do Batalhão da Saudade.

Pelotão de Ordem Unida sem Comando (Foto: Reprodução)

O evento contará com a presença de autoridades civis e militares do município, representantes de instituições diversas e também do Tiro de Guerra de Franca.

BATALHÃO DA SAUDADE – A História

De um encontro informal entre amigos no final de dezembro de 1989, na oficina mecânica do Élio Machado da Silva - Amilton Borges e João Guilherme Rosa Flávio de Castro, reservistas do Batalhão da Guarda Presidencial no ano 1965, tiveram a ideia de reunir a turma que prestou o serviço militar em Brasília no BGP (Batalhão da Guarda Presidencial).

José Cândido Chimionato (atual diretor na Santa Casa de Franca) em sua época de serviço militar e participando de evento como Reservista do Batalhão da Guarda Presidencial (Foto: Reprodução)

E assim foi que no dia 5 de janeiro de 1990, 31 reservistas do BGP de Brasília-DF, do ano de 1965, se reuniram na sede da Cabana da Igreja de São Benedito, na cidade de Franca-SP, para comemorar pela primeira vez este encontro de amigos, fundando assim o Batalhão da Saudade – que recebeu este nome devido a uma matéria publicada pelo jornalista Padinha, que levava o título: "Batalhão da Saudade reúne após 25 anos na Cabana de São Benedito".

A partir de então, os encontros foram estendidos a todos os reservistas do BGP, independente do ano em que serviram.

Recordamos aqui os 31 amigos que estiveram juntos no primeiro encontro:

1.Álvaro de Mello

2.Amilton Borges

3.Antônio Carlos Vidal

4.Antônio Orlandino Ferreira

5.Antônio Roberto Gosuen

6.Antônio Verdi Voss de Menezes

7.Benedito Simões Junior

8.Carlos Granado

9.Carlos Henrique Lespinsse

10.Cássio Paschoal Toscano

11.Élio Machado da Silva

12.Geraldo Luciano da Silva

13.João Guilherme Rosa Flávio de Castro

14.João Rezende Soares

15.José Alves Messias

16.José Antônio Tótoli

17.José Carlos Bernardes

18.José Carlos Mendonça

19.José Ronaldo Telles

20.Júlio Remo Tellini

21.Lázaro Cássio Borges Silveira

22.Lázaro Sebastião Garcia

23.Luiz Antônio Ávila

24.Luiz Renato Grou

25.Luiz Roberto Magrin

26.Miguel Inácio de Oliveira Netto

27.Nelson José Japaula

28.Paulo Fernando Ewbank Seixas

29.Tibúrcio Ribeiro Guimarães

30.Wagner Moreira Ferracioli

31.Wilson Antônio Cintra

Outros importantes nomes se empenharam e ainda trabalham para que os encontros aconteçam, sendo peças fundamentais para a existência do Batalhão da Saudade. São eles:

Amilton Borges

Antônio Ataíde Tostes

Antônio Carlos Vidal

Antônio Roberto Gosuen

Denizar Pugliesi

Edson de Andrade

Eduardo Gomes Machado

Élzio Garcia Barbosa

Francisco Mariano

Francisco Mariano da Silva Mendes

José Cândido Chimionato

Lázaro Sebastião Garcia

Luís Renato Grou

Marcos Comparini

Marcos Garcia

Mauro Taveira

Paulo Fernando Ewbank Seixas

Sebastião Malta

Wagner Moreira Ferracioli

E In Memoriam:

Álvaro de Melo

Antônio de Pádua Salgado

Aparecido Tasso

Ariovaldo Rodrigues Pereira

Cláudio Antônio Ricardo de Souza

Élio Machado

Geraldo Ribeiro Filho

José Carlos Bernardes

José Roberto de Mello

Milton Siqueira

Paulo Bassalo

Umberto Antônio Secchi


Artigos Relacionados