Alimentos Ricos em Ácido Fólico

Postado em:

Os alimentos ricos em ácido fólico, como levedura de cerveja, feijão e lentilhas são muito indicados para quem está tentando engravidar porque o ácido fólico serve para ajudar na formação do sistema nervoso do bebê, prevenindo doenças graves como a espinha bífida, por exemplo.

No entanto, além do consumo destes alimentos, é comum o Ginecologista Obstetra indicar que a mulher tome os comprimidos de ácido fólico de 2 a 3 meses antes de engravidar e nas primeiras semanas de gestação para garantir que não haja falta de ácido fólico na gestante.

O ácido fólico, que é a vitamina B9, é essencial para a saúde de todos, e a carência do ácido fólico pode causar diarreia, má absorção de nutrientes ao nível gastrointestinal e anemia megaloblástica. Tanto a deficiência em ácido fólico como em ferro podem levar a anemia.

Tabela de alimentos ricos em ácido fólico:

Alimentos

Peso

Quantidade de ácido fólico

Energia

Fígado de galinha cozido

100 g

770 mcg

136 calorias

Fígado de peru cozido

100 g

666 mcg

139 calorias

Levedo de cerveja

16 g

626 mcg

55 calorias

Fígado de boi cozido

100 g

220 mcg

160 calorias

Lentilhas

99 g

179 mcg

108 calorias

Quiabo cozido

92 g

134 mcg

35 calorias

Feijão-preto cozido

86 g

128 mcg

100 calorias

Espinafre cozido

95 g

103 mcg

17 calorias

Soja verde cozida

90 g

100 mcg

144 calorias

Macarrão cozido

140 g

98 mcg

141 calorias

A ingestão recomendada de ácido fólico para adultos saudáveis é de 400 mcg por dia, e para gestantes, é de 600 mcg por dia.

Onde encontrar o ácido fólico

Além de naturalmente presente nos alimentos, o ácido fólico pode ser encontrado facilmente nas farmácias em forma de suplemento medicamentoso em comprimido, solução ou gotas. Além disso alguns alimentos também podem ser enriquecidos com ácido fólico e assim se encontrar mais quantidade de ácido fólico em alimentos como aveia, arroz, pão ou macarrão assim como aqueles que usem farinha de trigo enriquecida como tortilhas de trigo, biscoitos doces e de água e sal.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Benefícios do Chá de Hortelã para sua saúde!

Postado em:

Melhorar a digestão e diminuir enjoos são alguns dos benefícios do chá de hortelã, que pode ser preparado usando duas espécies diferentes de hortelã, uma conhecida como hortelã comum ou Menta spicata e outra conhecida como hortelã-pimenta ou Menta piperita.

A mistura dos tipos de hortelãs é ótima para o  tratamento de diversos problemas digestivos, como má digestão, náusea ou vômito, como para limpar os pulmões e descongestionar o nariz, principalmente em casos de gripe ou resfriado com tosse.

A hortelã pode ser utilizada em outras formas além do chá, como cápsulas com óleo ou extrato seco da planta ou na forma de óleo essencial para a pele ou aromaterapia.

Hortelã comum ou Menta spicata


Hortelã pimenta ou Menta piperita


Além disso, essa uma erva aromática é fácil de ter em casa num vaso porque requer poucos cuidados e que combina muito bem com suco de abacaxi ou limão, em drinks e até para molhos de iogurte em pratos salgados como tempero por exemplo.

Receitas com chá de hortelã

Os chás podem ser preparados usando os dois tipos de hortelã, de acordo com os benefícios pretendidos.

1. Chás de hortelã comum

Chá para a má digestão, náusea ou vômito:

O chá de folhas de folhas de hortelã pode ser usado para ajudar na digestão, para reduzir a náusea e o vômito e para acalmar o intestino.

Ingredientes: 2 a 3 colheres de folhas frescas, secas ou trituradas de hortelã.

Modo de preparo: numa xícara adicionar 2 a 3 colheres de hortelã e adicionar 150 ml de água fervente. Tapar e deixar repousar durante 10 minutos.

Este chá deve ser bebido 3 a 4 vezes por dia, e de preferência após ou entre as refeições.

Chá para a febre:

O chá de folhas de hortelã, quando combinado com ulmária ou rainha-dos-prados e com laranja-amarga, origina uma mistura que pode ser usada no tratamento da febre, pois promove o aumento do suor.

Ingredientes para a mistura: 15 g de folhas de hortelã + 70 g de flores de tília + 10 g de rainha-dos-prados + 5 g de laranja amarga

Modo de preparo: numa xícara de chá adicionar 1 colher de sopa da mistura de plantas e adicionar 150 ml de água fervente. Deixar repousar durante 10 minutos e coar.

Este chá deve ser bebido várias vezes por dia, e de preferência sempre antes de deitar para ajudar a suar.

Chá para o estômago:

O chá de folhas de hortelã comum, quando combinado com raiz de alcaçuz esmagada e flores de camomila, origina uma mistura que pode ser usada no tratamento de inflamações no estômago como gastrite, ou em casos de úlcera gástrica.

Ingredientes para a mistura: 1 colher de chá de folhas de hortelã frescas ou secas + 1 colher de chá de raiz de alcaçuz esmagada + meia colher de chá de flores de camomila.

Modo de preparo: juntar as respectivas quantidades de cada planta numa xícara de chá e adicionar 150 ml de água fervente. Deixar repousar durante 5 a 10 minutos e coar.

Este chá deve ser bebido 3 a 4 vezes por dia, para ajudar a acalmar o estômago. Veja mais sobre propriedades desta planta em Hortelã.

2. Chás de hortelã pimenta

Chá para dores menstruais, enjoos, digestão difícil e gases:

O chá de folhas secas de hortelã pimenta, pode ser usado no alivio das dores menstruais, enjoos, digestão difícil de alimentos gordurosos e para diminuir a produção de gases. Este chá pode ser prepara usando folhas secas, trituradas ou frescas de hortelã pimenta.

Ingredientes: 2 colheres de chá de folhas secas inteiras ou trituradas de hortelã pimenta ou 2 a 3 folhas frescas.

Modo de preparo: colocar as folhas de hortelã pimenta numa xícara de chá e encher com água fervente. Deixar a infusão repousar durante 5 a 7 minutos e coar.

Este chá deve ser bebido 3 a 4 vezes por dia e de preferência após as refeições.

Chá para dores de estômago e espasmos:

O chá de hortelã pimenta quando combinado com sementes secas de funcho ou erva-doce e folhas de melissa, pode ser usado para o alivio das dores de estômago e dos espasmos.

Ingredientes para a mistura: 2 colheres de chá de folhas secas de hortelã pimenta + 2 colheres de chá de sementes de funcho ou erva-doce + 2 colheres de chá de folha de melissa.

Modo de preparo: colocar 1 colher de sopa da mistura anterior numa xícara de chá e encher com água fervente. Deixar a infusão a repousar durante 10 minutos e coar.

Este chá deve ser bebido bem quente, 2 a 3 vezes por dia, e de preferência após ou entre as refeições. 

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Superalimentos que turbinam o corpo e o cérebro

Postado em:

Sementes de chia, açaí, mirtilo, bagas Goji ou spirulina, são alguns exemplos de superalimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais, que ajudam a completar e enriquecer a dieta, com as suas propriedades e sabores.

Os superalimentos são alimentos que possuem propriedades e benefícios superiores e diversificados, uma vez que são geralmente ricos em fibras, antioxidantes, vitaminas, minerais e ácidos graxos. Eles tanto podem ser frutas, sementes, vegetais ou plantas medicinais, que devem ser usados para enriquecer de forma natural a dieta. 

1. Sementes de Chia

As sementes de chia são conhecidas por serem um superalimento devido à sua composição rica em fibras e proteínas de origem vegetal. Este é um alimento extremamente saciante, que pode ser facilmente adicionado para enriquecer outros alimentos como saladas, cereais ou em bolos, por exemplo. 

Além disso, a chia por ser uma fonte rica em fibras é ótima para ajudar a regular o intestino, sendo uma opção natural para quem sofre de prisão de ventre. 

2. Açaí

O açaí é além de ser uma excelente fonte de energia, é umas das fontes mais ricas de antioxidantes, sendo também rico em ferro e cálcio. Este fruto melhora a aparência da pele e ajuda a prevenir o envelhecimento, fortalece o sistema imunitário e previne o aparecimento de câncer.

O açaí além de poder ser comido fresco na forma de fruto, também pode ser comprado na forma de polpa ou suplemento alimentar.   

3. Bagas Goji

As Bagas goji são bagas versáteis, pois tanto servem para ajudar a emagrecer e secar a barriga, como melhoram a aparência da pele, fortalecem o sistema imunológico do corpo e previnem o surgimento de doenças como gripe ou câncer, por exemplo. 

As Bagas goji podem ser facilmente consumidas na forma de cápsulas ou secas, sendo fáceis de adicionar em sucos ou batidos, por exemplo. 

4. Mirtilo

O Mirtilo é um fruto que consiste numa excelente fonte de fibra, vitamina A e vitamina C, além de também ser bastante rico em antioxidantes. Este fruto é uma ótima opção para colocar na dieta pois além de ajudar a emagrecer, ele melhora também a aparência da pele e combate o envelhecimento precoce. 

O Mirtilo além de poder ser comido fresco na forma de fruto, também pode ser comprado seco ou na forma de suplemento alimentar em cápsulas.   

5. Spirulina 

A Spirulina é uma alga que consiste num excelente suplemento alimentar, pois é rica em minerais, vitaminas, proteínas e aminoácidos. Este superalimento ajuda a emagrecer e aumenta a saciedade, purifica o organismo e melhora o cansaço e a recuperação muscular após a prática de atividade física. 

Para tomar Spirulina, é possível optar pela suplementação em cápsulas ou usar extratos secos da alga para adicionar em batidos ou sucos. 

6. Castanha do Pará

A Castanha-do-pará, ou Castanha-do-brasil, é outro superalimento que é conhecido pelos seus benefícios para a saúde, que incluem proteção do coração, redução da pressão alta, melhoria da aparência da pele e prevenção do câncer. Este fruto é rico em antioxidantes, magnésio, selênio, vitamina E e arginina. 

Para obter os benefícios da Castanha-do-pará, é recomendado comer 1 castanha por dia. 

7. Maca Peruana

A Maca peruana é um tubérculo, como a cenoura, rico em fibras e gorduras essências. Apesar de não ser muito saborosa, a Maca Peruana ajuda a diminuir o apetite, melhora o trânsito intestinal e aumenta o desejo sexual. 

Este superalimento pode ser facilmente consumido na forma de pó, para colocar em vitaminas ou sucos, ou na forma de cápsulas.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Alimentos que facilitam a Cicatrização

Postado em:

Alimentos que atrapalham a cicatrização com um X e a maçã que auxilia

Os alimentos cicatrizantes, como leite, iogurte, laranja e abacaxi, são importantes na recuperação após uma cirurgia porque facilitam a formação do tecido que fecha as feridas e ajudam a diminuir a marca da cicatriz.

Para melhorar a cicatrização também é importante manter o corpo bem hidratado porque assim a pele fica mais elástica e a cicatriz fica melhor. Uma boa solução podem ser os alimentos ricos em água como laranja, melancia e os caldos que pode comer no almoço ou no jantar.

Confira na tabela exemplos de alimentos que contribuem para uma melhor cicatrização da pele e que devem ser consumidos no pós-operatório ou depois de um corte ou de fazer uma tatuagem ou percing:

Exemplos

Benefício no pós-operatório

Alimentos ricos emProteínas

Carne magra, ovo, peixe, gelatina, leite e derivados

Ajudam na formação de tecido que vai ser necessário para fechar a ferida.

Alimentos ricos em Ômega 3

Sardinha, salmão, atum ou sementes de chia

Reduzem a inflamação facilitando a cicatrização.

Frutas cicatrizantes

Laranja, morango, abacaxi ou kiwi

Importante na formação do colágeno, que ajuda a pele a ficar mais firme.

Alimentos ricos emVitamina K

Brócolis, aspargo ou espinafre

Ajudam na coagulação parando a hemorragia e facilitando a cicatrização.

Alimentos ricos em Ferro

Fígado, gema de ovo, grão-de-bico, ervilha ou lentilha

Ajuda a manter as células do sangue saudáveis, que são importantes para levar os nutrientes ao local da ferida.

Alimentos ricos em Valina

Soja, a castanha-do-pará, a cevada ou a berinjela

Melhoram a qualidade de regeneração dos tecidos.

Alimentos ricos em Vitamina E

Sementes de girassol, avelã ou amendoim

Melhora a qualidade da pele formada.

Alimentos ricos em Vitamina A

Cenoura, tomate, manga ou beterraba

São bons para evitar a inflamação da pele.

Alimentos cicatrizantes

Frutas cicatrizantes


O que não comer para uma boa cicatrização

Alguns alimentos como doces, refrigerantes, frituras ou embutidos, por exemplo, podem prejudicar a cicatrização porque o açúcar e a gordura dificultam a circulação do sangue, que é essencial para que os nutrientes cheguem à ferida para cicatrizar o tecido.

Por isso você deve excluir da alimentação tudo que tenha gordura e principalmente açúcar, como o próprio açúcar em pó, o mel, iogurte, bolo, refrigerante, balas, chocolates, sorvetes, biscoitos doces que sejam recheados ou não. Uma boa estratégia é olhar o rótulo dos alimentos industrializados e verificar se tem açúcar e qual sua quantidade. 

Por vezes o açúcar está escondido com alguns nomes estranhos como Maltodextrina ou Xarope de milho.

Alimentação para facilitar a cicatrização no Pós-Operatório

Uma boa opção de refeição para comer no pós-operatório é tomar uma sopa de legumes, batida no liquidificador com um fio de azeite. Essa primeira refeição deve ser líquida e pode ser tomada até mesmo num copo com canudinho para facilitar.

Quando o paciente estiver menos enjoado, poderá fazer uma refeição leve, dando preferência aos cozidos. Uma boa dica é comer 1 posta de salmão grelhado ou cozido, temperado com ervas com ovo e brócolis cozidos, e 1 copo de suco de laranja batido com morangos.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.


A cenoura combate a prisão de ventre e previne câncer no pulmão

Postado em:

A cenoura é uma raiz muito importante na alimentação, pois traz os seguintes benefícios para a saúde:

  • Melhorar a digestão e combater a prisão de ventre, por ser rica em fibras;
  • Prevenir o envelhecimento precoce, por ser rica em vitamina A e antioxidantes;
  • Manter o bronzeado por mais tempo, por conter betacaroteno, que estimula a produção da cor morena na pele;
  • Ajudar a emagrecer, pois contém poucas calorias;
  • Fortalecer o sistema imunológico, por ser rica em antioxidantes;
  • Proteger a visão, por conter vitamina A;
  • Prevenir câncer de pulmão, devido aos antioxidantes.
  • Cenoura combate rugas e emagrece

Para obter esses benefícios, deve-se consumir pelo menos 1 cenoura diariamente, de preferência crua, pois alguns de seus nutrientes são perdidos durante o cozimento.

A cenoura pode ser consumida crua em saladas ou sucos, ou cozida, podendo ser adicionada em cozidos de carne ou peixe, sopas, suflês, sucos e bolos.

Para te ajudar com ideias em preparações esta aqui uma receita de suco onde podemos adicionar a cenoura e ingerir muitos nutrientes!

Suco funcional de cenoura

Ingredientes

1 cenoura

Suco de 4 laranjas

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador, adoçar a gosto. Beber sem coar.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

O Morango ajuda a combater o envelhecimento e doenças cardíacas

Postado em:

O morango é uma fruta de sabor ácido e adocicado, muito boa para ser incluída como sobremesa ou lanche em dietas de emagrecimento porque cada morango tem aproximadamente 5 calorias. Além disso, o morango tem propriedades diuréticas, é rico em vitamina C, que ajuda na cicatrização dos ferimentos, fortalece a parede dos vasos sanguíneos melhorando a circulação e aumenta a absorção do ferro combatendo a anemia.

O morango é também uma fruta rica em antioxidantes, como antocianinas e o ácido elágico, que conferem outros benefícios para a saúde:

  • Combater o envelhecimento da pele;
  • Ajudar a prevenir doenças cardiovasculares;
  • Melhorar a capacidade mental;
  • Prevenir o câncer;
  • Ajudar a combater inflamações.

Além disso, o morango também tem fibras que combatem a prisão de ventre e a "zeaxantina", uma substância importante para a saúde dos olhos.

O morango pode ser consumido como vitamina, misturado na gelatina, com iogurte, nos cereais no café da manhã ou na salada de frutas, por exemplo.

O morango é uma excelente fruta para ajudar a emagrecer por ter poucas calorias, assim como a melancia ou o kiwi, por exemplo.

Receita de salada de morango e melão

Essa é uma receita de salada fresca para acompanhar o almoço ou jantar. Quando se usa morango para saladas, sucos ou vitaminas, é importante lavar os morangos antes de retirar o pé, porque se for depois entra água no morango e ele se estraga mais facilmente.

Ingredientes

  • Meia alface-icebergue
  • 1 melão pequeno
  • 225 g de morangos fatiados
  • 1 pedaço de pepino com 5 cm, finamente fatiado
  • Pezinhos de hortelã fresca, para guarnecer

Ingredientes para o molho

  • 200 ml de iogurte natural
  • 1 pedaço de pepino com 5 cm descascado
  • Algumas folhas de hortelã fresca
  • Meia colher de chá de casca ralada de limão
  • 3-4 cubos de gelo

Modo de preparo

Colocar a alface em um recipiente, acrescentar os morangos e o pepino sem a casca. A seguir, triture todos os ingredientes do molho no liquidificador. Servir a salada com um pouco de molho por cima.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Gengibre auxilia na perda de peso e previne o câncer

Postado em:

Os benefícios do gengibre para a saúde são principalmente ajudar na perda de peso, acelerando o metabolismo, e relaxar o sistema gastrointestinal, prevenindo náuseas e vômitos. No entanto, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como câncer cólon-retal e úlceras no estômago.

O gengibre é uma raiz que pode ser utilizada em chás ou em raspas que podem ser adicionadas a água, sucos, iogurtes ou saladas. A seguir estão listados 6 benefícios desse alimento.

1. Auxiliar na perda de peso

O gengibre auxilia na perda de peso porque atua acelerando o metabolismo e estimulando a queima de gordura corporal. Os compostos 6-gingerol e 8-gingerol, presentes nessa raiz, atuam aumentando a produção de calor e suor, o que também ajuda no emagrecimento e na prevenção do ganho de peso.

2. Combater azia e gases intestinais

O gengibre é bastante utilizado para combater azia e gases intestinais, devendo ser consumido principalmente na forma de chá para obter esse benefício. Esse chá é feito na proporção de 1 colher de gengibre para cada 1 xícara de água, e o ideal é que sejam ingeridas 4 xícaras de chá ao longo do dia para se obter a melhoria nos sintomas intestinais.

3. Atuar como antioxidante e anti-inflamatório

O gengibre tem ação antioxidante no corpo, agindo na prevenção de doenças como gripes, resfriados, câncer e envelhecimento precoce. Além disso, ele também tem ação anti-inflamatória, melhorando os sintomas de artrite, dor muscular e doenças respiratórias, como tosse, asma e bronquite.

4. Melhorar náuseas e vômitos

O gengibre ajuda a reduzir as náuseas e vômitos que frequentemente ocorrem durante a gravidez, tratamentos de quimioterapia ou nos primeiros dias após cirurgias. A melhora desses sintomas é obtida após cerca de 4 dias de consumo de 0,5 g de gengibre, o que equivale a cerca de ½ colher de café de raspas gengibre que devem ser tomados de preferência pela manhã.

5. Proteger o estômago contra úlceras

O gengibre ajuda a proteger o estômago contra as úlceras porque ajuda no combate à bactéria H. pylori, principal causadora de gastrite e úlceras estomacais. Além disso, o gengibre também previne o aparecimento do câncer de estômago, que na maior parte dos casos está ligado a alterações nas células provocadas pela úlcera. Veja quais são os sintomas da gastrite provocada pela H. pylori.

6. Prevenir o câncer cólon-retal

O gengibre também atua na prevenção de câncer cólon-retal, pois possui uma substância chamada 6-gingerol, que impede o desenvolvimento e a proliferação de células cancerígenas nessa região do intestino.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Alimentos que curam a gripe e o resfriado mais rápido

Postado em:

Escolher bem o que comer na gripe pode melhorar muito o bem-estar da criança, adulto ou idoso porque ajuda a diminuir os sintomas de febre, congestão nasal, dor no corpo e sensação de cansaço.

Durante a gripe é importante aumentar a ingestão de calorias e líquidos pra diminuir a sensação de cansaço, porque o corpo aumenta o metabolismo para compensar o desgaste na luta contra doença e além disso beber muita água aumenta a diurese e a liberação de toxinas pela urina ajudando o corpo a se livrar do vírus.

Os melhores alimentos para se comer enquanto está gripado são chás, sopas, frutas e legumes crus ou cozidos.   

5 Alimentos para combater gripe ou resfriado

Assim, o que se deve comer na gripe são alimentos como:

1. Sopa de legumes ou canja

Tomar uma sopa ajuda a fluidificar as secreções e a expectorar mais facilmente o vapor desses alimentos que são consumidos quentes também ajudam a desentupir o nariz. A canja de galinha é um ótimo exemplo de uma sopa boa para gripe porque tem vitaminas A, C e E e proteína, que ajudam o organismo a se recuperar a força e aumentar a resistência do sistema imune. Além disso a sopa tem sódio e potássio que ajudam na regulação da temperatura corporal, sendo útil em caso de febre.

2. Chás de ervas

O chá é um ótimo remédio caseiro para gripe porque além de hidratar é uma bebida que se toma quente e o vapor ajuda na descongestão nasal. Um bom exemplo de chá é o chá de camomila, equinácea, hortelã e ginseng, que podem ser tomados ou inalados para ajudar a desentupir o nariz. Para a inalação deve-se preparar o chá e inclinar a cabeça para cima da xícara, repirando o seu vapor. Um ótimo chá para este efeito é o de eucalipto.

O chá de canela com mel também é uma ótima solução porque possui propriedades medicinais anti-sépticas e antibacterianas que ajudam no tratamento da gripe. Basta ferver 1 xícara de água com 1 pau de canela e deixar repousar por 5 minutos. Coar e tomar a seguir, de 3 a 4 vezes por dia. 

O mel com própolis pode ser adicionado ao chá para lubrificar a garganta e diminuir a inflamação, em caso de haver tosse.

3. Iogurte ou leite fermentado

O consumo de iogurtes e leites fermentados com probióticos durante o estado gripal ajuda a melhorar a flora intestinal, fortalecendo o sistema imune porque ativam células de defesa do organismo, encurtando o tempo da gripe. O Yakult e o Activia são bons exemplos de iogurtes ricos em lactobacilos e bifidobactérias que podem ser utilizados para prevenir e tratar a gripe.

4. Frutas e legumes

As frutas e legumes aumentam a quantidade de água, fibras e vitaminas C, A e Zinco, fazendo com que o corpo consiga reagir melhor ao vírus na produção de anticorpos. Sendo uma boa fonte de energia para o organismo que encontra-se debilitado. As mais indicadas são as frutas cítricas como morango, laranja, abacaxi e limão que reforçam a imunidade.

Couve, cenoura e tomate são fontes de betacaroteno, atuam contra infecções e estimulam o sistema imune.

A falta de apetite é um sintoma comum na gripe que faz com que a doença se prolongue e é por isso que o consumo de alimentos nutritivos, de fácil digestão e ricos em água, como os citados acima, ajudam na recuperação da gripe.

5. Temperos que curam

O que comer para curar a Gripe ou Resfriado mais rápido

Alho, mostarda, pimenta são úteis para descongestionar o nariz e dissolver o catarro, além disso tem ação natural que reduz a febre e as dores no corpo. Por isso, use estes condimentos nas refeições enquanto estiver gripado, comendo também carnes magras que são excelente fonte de proteínas e ficam ótimas quando bem temperadas.

Alecrim, orégano e manjericão também são ótimas opções para temperar e combater os sintomas da gripe e resfriado. 

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Suco de maracujá e morango para combater o estresse e a ansiedade

Postado em:

Hoje temos 3 receitas de Sucos para combater o Estresse

Os sucos antiestresse são aqueles que têm alimentos com propriedades calmantes e que ajudam a combater a ansiedade, como o maracujá, a alface ou a cereja.

As receitas desses 3 sucos são simples de fazer e são excelentes opções para tomar ao longo do dia. Beber um copo de cada suco todos os dias ajuda a diminuir o estresse e a dormir melhor.

1. Suco de maracujá para combater o estresse

O suco de maracujá é bom para combater o estresse porque o maracujá diminui a irritabilidade, ansiedade e a insônia.

Ingredientes

  • Polpa de 1 maracujá
  • 2 morangos
  • 1 talo de alface
  • 1 copo de iogurte desnatado
  • 1 colher de levedo de cerveja
  • 1 colher de lecitina da soja
  • 1 castanha-do-pará
  • mel a gosto

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador e beber a seguir.

2. Suco relaxante de maçã

Este é um suco perfeito para o fim do dia, devido aos componentes calmantes da alface. Além disso, o suco contém fibras da maçã e enzimas digestivas do abacaxi, que facilitam a digestão, por isso, deve ser ingerido, principalmente, após o jantar.

Ingredientes

  • 1 maçã
  • 115 g de alface
  • 125 g de abacaxi

Modo de preparo

Misturar todos os ingredientes na centrífuga. Diluir em água, se necessário, e servir decorado com uma fatia de maçã.

3. Suco de cereja para combater o estresse

O suco de cereja é bom para ajudar a aliviar o estresse porque a cereja é uma boa fonte de melatonina, que é uma substância importante para estimular o sono.

Ingredientes

  • 115 g de melancia
  • 115 g de melão-cantaloupe
  • 115 g de cerejas sem caroço

Modo de preparo

Bater todos os ingredientes no liquidificador e beber a seguir.

Recomenda-se tomar esses sucos em momentos de maior estresse, como excesso de trabalho, por exemplo, fazendo o suco de maracujá de tarde, o suco relaxante de maçã após o jantar e o suco de cereja antes de ir dormir.

Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.

Saiba como a pera pode melhorar sua saúde!

Postado em: - Atualizado em:

Os 3 principais benefícios da pera para a saúde são melhorar a prisão de ventre, perder peso e controlar a diabetes, pois a pera é uma fruta rica em fibras e tem baixo índice glicêmico, melhorando o funcionamento do intestino e reduzindo o apetite, especialmente quando consumida antes das refeições.

A pera é de fácil digestão, sendo muito prática para levar para o trabalho ou para a escola e é indicada para todas as idades pode ser consumida crua, assada ou cozida.

Esta fruta é ótima para a saúde já que é rica em minerais como potássio ou fósforo, magnésio, antioxidantes e vitaminas como A, B e C. Desta, forma os 5 benefícios da pera para saúde incluem:

1. Controlar a diabetes e a pressão alta

Esta fruta é uma ótima fruta para quem tem diabetes porque aumenta pouco o açúcar no sangue já que tem baixo índice glicêmico.

Além disso, a pera têm propriedades vasodilatadores, porque é rica em potássio, que ajuda a prevenir a pressão alta, evitando também problemas cardíacos, como trombose ou AVC.

2. Tratar a prisão de ventre

A pera principalmente quando é comida com a casca, ajuda a regular o intestino, combatendo a prisão de ventre pois é rica em fibras, além de estimular a libertação de sucos gástricos e digestivos o que faz com que a comida se mova mais lentamente no intestino, melhorando o seu funcionamento.

3. Fortalecer o sistema imune

Esta fruta contém antioxidantes que ajudam a eliminar os radicais livres que se acumulam no organismo, porque é rica em vitaminas A e C e flavonoides, como o betacaroteno, luteína e zeaxantina, contribuindo para a prevenção do câncer do estômago e intestino e reduzindo os efeitos do envelhecimento na pele, como rugas e manchas escuras.

Além disso, contribui para a produção de glóbulos brancos, que são responsáveis por proteger o organismo, ajudando a evitar inflamações, como grite, artrite ou gota, por exemplo.

4. Fortalecer os ossos

A pera é rica em minerais como magnésio, manganês, fósforo, cálcio e cobre, contribuindo para a redução da perda de mineral ósseo e evitando problemas como osteoporose.

5. Ajudar a emagrecer

A pera ajuda a perder peso porque é uma fruta com poucas calorias, sendo que geralmente, uma pera de 100g tem cerca de 50 calorias.

Além disso, a pera tem fibras que diminuem o apetite e tem efeito diurético o que diminui o inchaço do corpo e para o aspeto mais delgado.

A pera é uma boa fruta para oferecer às crianças quando começam a ingerir alimentos sólidos, principalmente a partir dos 6 meses em forma de suco ou puré porque é uma fruta que normalmente não provoca alergia.

Além disso, a pera é de fácil digestão, ajudando a recuperar de uma intoxicação alimentar, principalmente quando há vômitos.

Existem muitos tipos de peras, sendo as mais consumidas no Brasil:

  • Pera Willians - que é dura e ligeiramente ácida, sendo indicada para cozer sem se desmanchar;
  • Pera-d'água - possui uma polpa delicada;
  • Pera-de-pé-curto - é redonda e parecida com a maçã;
  • Pera d’Anjou - é pequena e verde;
  • Pera red - tem esse nome por ter a casca vermelha e é muito suculenta.

A pera pode ser comida crua com casca, fazer suco ou polpa de fruta, além de poder ser usada para fazer doce, tartes ou bolos.


Contato:

E-mail: [email protected]

Tel. 35 99991-6179​​​​​

*Essa coluna é semanal e atualizada às quartas-feiras.