Ciberataques aumentaram 124% em março; veja aqui como fazer a prevenção

Este crescimento está ligado às mensagens maliciosas circulando no WhatsApp aproveitando-se da pandemia

Postado em: em Tecnologia

​Os ataques contra dispositivos móveis mais que dobraram no último mês no Brasil, aponta novo levantamento da empresa internacional de cibersegurança, Kaspersky. 

De fevereiro a março, houve um aumento de 124% nos golpes de phishing - quando criminosos tentam roubar dados das pessoas através da internet.

Este crescimento está diretamente ligado às inúmeras mensagens maliciosas circulando no WhatsApp aproveitando-se  da pandemia. 

Entre as principais formas utilizadas para ganhar dinheiro, essas mensagens fazem a vítima baixar apps legítimos ou roubam os dados pessoais do usuário para usá-los em outros ataques.

01. Desconfie sempre de links recebidos por e-mails, SMS ou mensagens de WhatsApp, principalmente quando o endereço parece suspeito ou estranho. 

02. Sempre verifique o endereço do site para onde foi redirecionado, endereço do link e o e-mail do remetente para garantir que são genuínos. Para isso, pressione o link até copiá-lo e cole-o no bloco de notas ou no WhatsApp.

03. Verifique se a mensagem é verdadeira acessando o site oficial da empresa ou organização – ou os perfis nas redes sociais. 

04. Se não tiver certeza de que o site é real e seguro, não insira informações pessoais.

05. Para as empresas com trabalho remoto, esse é um risco que pode trazer graves implicações. Além das consequências diretas à vítima, um incidente pode colocar toda a infraestrutura em risco, caso o dispositivo esteja ligado à rede corporativa. 

06. Além de garantir as ferramentas necessárias para um trabalho remoto seguro, oriente seus funcionários sobre quem eles devem entrar em contato, caso haja problemas de TI ou de segurança.

07. Realize treinamentos de conscientização de segurança para que os funcionários possam reconhecer um ciberataque, como uma phishing. Isso pode ser feito individualmente e de forma online

08. Garanta que todos os dispositivos, programas, aplicativos e serviços estejam nas versões mais recentes e mantenha-os atualizados

09. Tenha um programa de segurança de confiança em todos os dispositivos, principalmente os móveis, e ative o firewall

10. Tenha cuidado redobrado com os dispositivos móveis, que devem ter recursos anti-roubo ativados, localização, bloqueio e limpeza de dados remotos, bloqueio de tela e senha e autenticação facial ou por biometria. Habilite, também, controle de aplicativos para assegurar que apenas os apps autorizados sejam instalados.


Artigos Relacionados