Churchill e o Champagne Pol Roger

Postado em:


Esta é a breve história de dois ícones que se apaixonaram... sim, no Mundo do Vinho temos também histórias de amor, neste caso a de Sir Winston Churchill e a não menos famosa... Champagne Pol Roger.

Isto mesmo aquele homem que estudamos nas aulas de história, além de comandar o Reino Unido e gostar de charutos, também apreciava um bom champagne.

É provável que tudo tenha começado em um almoço na embaixada Britânica em Paris, no ano de 1944, onde Churchill conheceu Odette Pol Roger, na época a diretora da conhecida casa de Champagne.

Desde então ficou encantado com a disposição dela, que além de comandar os negócios ainda , segundo a Casa Pol Roger,  foi informante ligada a Resistência Francesa durante a ocupação nazista.

Esta amizade gerou homenagens dos dois lados, Churchill deu o nome de Pol Rogers a um de seus cavalos de corrida, e a família Pol Roger depois da morte de Churtill, colocou uma tarja preta, em sinal de luto, em todo champagne enviado ao Reino Unido por vinte e cinco anos.

E a homenagem mais conhecida, foi a criação do Champagne com o nome de Sir Winston Churtill, lançado em 1984. Um corte produzido exclusivamente nos vinhedos eram elaboradas as safras preferidas de Churchill, com predominância Pinot Noir e a quantidade certa de Chardonnay, que matura em contato com a borra das leveduras por mais de 7 anos.

Uma grande homenagem a um grande homem.

E nós, apaixonados por esta bebida, podemos saborear uma Champagne que tem história como os outros vinhos e mais ainda... um apreciador famoso que inspirou tudo isto.

Espumantes e Festas de Fim de Ano formam uma harmonização perfeita... o que acha de chamar os amigos e abrir um... dois...