Cemig para atendimento nas cidades da região por falta de combustível

Em nota, a estatal informou que vai priorizar 'serviços emergenciais' para os clientes

Postado em: em Serviços

​A Cemig informou nesta quarta-feira que o desabastecimento de combustíveis, provocado pela greve dos caminhoneiros, está afetando a realização de suas atividades operacionais, com impacto no cumprimento dos prazos de alguns serviços demandados pelos clientes.

Apesar disso, a Cemig informa que está priorizando a execução dos serviços emergenciais para os seus clientes, visando minimizar o impacto dessa paralisação para a população.” Segundo a estatal, será interrompida a execução dos serviços programados. 

Na região mineira próxima a Franca estão prejudicados os atendimentos em cidades como Cássia, Passos, Ibiraci, Delfinópolis, Delta, Conquista, Sacramento, Claraval, São Tomás de Aquino, Paraíso, São João Batista do Glória, Capetinga, Pratápolis, Itaú, São José da Barra, Monte Santo e Itamogi, entre outras.

 “Ciente do transtorno que esta situação provoca, a Cemig esclarece que está fazendo tudo ao seu alcance para contornar esta crise e conta com a compreensão de todos para as eventuais situações que fugirem do seu controle”, diz nota da estatal. 



Artigos Relacionados