​Carna LGBTQI+ de Franca reuniu 7 mil pessoas na Passarela nesta terça, 25

Com várias atrações musicais e entretenimento, evento surpreendeu com publico de 7 mil pessoas

Postado em: em Cotidiano

Com apoio da Prefeitura de Franca, Feac – Fundação Esportes, Arte e Cultura -, e Centro de Testagem a Acolhimento – CTA - e realização do grupo Coletivo Arco-íris, o Carna LGBTQI+

O objetivo da festa foi promover a valorização da visibilidade da comunidade LGBTQI, a valorização da arte Drag Queen e oferecer momentos de descontração para todos, num clima de respeito e alegria.

O grupo conseguiu levar a ideia de conscientizar a população sobre a importância do uso de preservativos, a fim de evitar doenças sexualmente transmissíveis, além de gerar sensível movimentação da região e o turismo para a cidade.

Todos os objetivos foram conseguidos, segundo observou Rosângela Eduardo Valentino que participou do projeto Carna LGBTQI+, coordenado pelo grupo Coletivo Arco-íris. 

Segundo os organizadores, o evento contou com as participações de grupos de Ribeirão Preto, Sertãozinho, São Joaquim da Barra.

Também estiveram na Passarela, caravana de Cristais Paulista, Araxá, Passos, Nuporanga, Bebedouro,Serrana, Capetinga, Araraquara, Rifaina, Pontal, Patrocínio Paulista e Restinga.

O Carna LGBTQI+ contou com apresentação artísticas locais e da região, shows de drag queen, performances, shows com bandas, DJ’s, entre outros.

A festa ocorreu na Passarela do Samba, em frente ao Parque de Exposições Fernando Costa.

Veja a animação que tomou conta da Passarela:


Artigos Relacionados