Campanha da Fraternidade começa com ações diárias e muitas celebrações

Campanha busca conscientizar, à luz da palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso

Postado em: em Religião

Com o final do Carnaval 2020, os católicos iniciam nesta quarta-feira de Cinzas o período da Quaresma, que termina no Domingo de Páscoa, dia em que a Igreja celebra a ressurreição de Jesus Cristo. 

Neste ano a Campanha da Fraternidade terá como tema: “Fraternidade e Vida: Dom e Compromisso. 

O bispo diocesano de Franca, Dom Paulo Roberto Beloto, ressaltou que o tema da campanha visa conscientizar, à luz da Palavra de Deus, para o sentido da vida como Dom e Compromisso.

"Isso se traduz em relações de mútuo cuidado entre as pessoas, na família, na comunidade, na sociedade e no planeta, nossa Casa Comum”, diz o bispo.

Ao falar sobre a Quaresma, Dom Paulo ressaltou que os católicos estão em tempo litúrgico especial para a nossa vida cristã. 

“Durante quarenta dias percorremos um itinerário que nos convida à conversão, à penitência e ao perdão". 

"Ao vivermos plenamente a espiritualidade quaresmal, abrimos o nosso coração para o mistério pascal. Ouvindo a Palavra de Deus, rezando, fazendo jejum e praticando a caridade, estaremos acolhendo os apelos de Jesus”.

Segundo ele, na correria do dia a dia, "corremos o risco de acostumarmo-nos com as coisas rotineiras, sem criatividade e crescimento". 

“Mas em Deus não podemos nos acomodar: é preciso querer sempre mais. É preciso um esforço constante, porque a pessoa limitada em nós fala mais alto do que o cristão consagrado”, disse.

O bispo ressaltou que a Quaresma ajuda a retomar o caminho. Este tempo especial de preparação para a Páscoa é uma oportunidade para recomeçar.

O rito da bênção e imposição das cinzas nesta quarta-feira lembra a nossa pequenez e a necessidade que temos de Deus e do seu amor. 

"É importante abrir o coração ao arrependimento sincero e à graça do Senhor", diz o bispo francopolitano.


Artigos Relacionados