Câmara pode dar chance a consumidor de pagar mais barato pelo combustível

Caso distância entre postos caia para cem metros, mais estabelecimentos vão entrar no mercado

Postado em: em Política

Nesta terça-feira, a Câmara dos Vereadores de Franca vai votar uma proposta importante para a economia local e também que poderá favorecer o bolso da população da cidade.

Está pautado um projeto de lei que permitirá a redução na distância entre postos de combustíveis na cidade, de 200 metros para 100 metros.

A motivação do autor do projeto, Marco Garcia (PPS) foi a nivelação de preços em Franca, com postos fixando preços praticamente iguais em toda a cidade. A oscilação, quando muito, chega a R$ 0,05. 

Após denúncias da suposta formação de cartal, o Ministério Público chegou a investigar o caso, mas entendeu que não havia cartel. "Eu e mais 99% da população vemos cartelização", disse o vereador Marco Garcia.

Com a redução da distância entre postos, a tendência é que se acirre a concorrência e permita a disputa de mercado por qualidade do produto e preços mais baixos. Outro cenário provável é que novos empresários invistam neste segmento, abrindo possibilidade de geração de empregos nos novos postos.

Marco Garcia deu início à discussão e a causa obteve apoio de outros vereadores, tanto que será votada como sendo de autoria coletiva. É grande a chance de aprovação por ampla maioria de votos, dada a importância do assunto.

São necessários oito votos para que a matéria passe e este número deverá ser atingido sem dificuldades. Alguns ainda não deixam claro seu posicionamento para evitar pressões que empresários do setor estariam fazendo sobre vereadores. 

Nas últimas sessões da Câmara, proprietários de postos ou seus prepostos têm conversado com os parlamentares, tentando dissuadi-los de aprovar o projeto.


Artigos Relacionados