Câmara Municipal divulga contas públicas durante audiência, na quinta (26)

Durante a audiência, foram compartilhados diversos dados sobre a gestão financeira da Casa de Leis.

Postado em: em Política

A manhã de hoje, 26, foi de transparência na Câmara Municipal de Franca. 

A Casa de Leis francana, por meio de uma audiência pública, discutiu o seu planejamento e a execução orçamentária e financeira referentes ao 2º quadrimestre (maio, junho, julho e agosto) de 2019.

O vereador Corrêa Neves Jr. (PSD) presidiu o evento, a pedido do presidente da comissão de Finanças e Orçamento da Câmara, o parlamentar Pastor Otávio Pinheiro (PTB), que está em viagem oficial no momento. 

O tesoureiro Guilherme Sato auxiliou na apresentação das informações.

Durante a audiência, foram compartilhados diversos dados sobre a gestão financeira da Casa de Leis. 

Até agosto deste ano, a Câmara recebeu da Prefeitura R$ 9 milhões para cobrir seus gastos. O total até o final de 2019 deverá ser de R$ 13,5 milhões. 

A soma das despesas empenhadas (estimativas do que será gasto até o final do ano) é de R$ 11.577.091,77, enquanto que o montante das despesas processadas (dinheiro que efetivamente já foi utilizado) atingiu o valor de R$ 6.770.318,54.

As despesas processadas podem ser divididas entre correntes e investimentos. 

As despesas correntes totalizaram R$ 6.727.657,37, sendo R$ 5.441.140,40 desse montante usado para pagamento com pessoal (ativos e inativos) e R$ 1.286.516,97, para a aquisição de materiais de consumo e serviços. 

Já os investimentos da Casa acumulados no ano todo foram de R$ 42.661,17.

A Câmara gastou R$ 811,27 com publicidade legal no 2º quadrimestre deste ano. 

Também foram especificadas despesas com viagens, telefonia, participação em cursos e seminários, homenagens e combustíveis. 

A audiência informou ainda que a folha de pagamento da Câmara compreende apenas 57,42% da sua receita, muito abaixo do percentual máximo de 70% estipulado pela Constituição Federal.

O presidente da Câmara, o vereador Donizete da Farmácia (PSDB) tem seguido a linha dos seus antecessores e realizado uma gestão austera e equilibrada. 

"A Câmara de Franca é uma das mais econômicas do Brasil. Ao contrário do que os críticos costumam dizer, ela faz muito com pouquíssimo recurso. Chamou a minha atenção que um dos maiores gastos que a Câmara tem é com aposentados: gastamos mais de R$ 2 milhões por ano para pagar uma conta do passado. Mas, em termos de despesas, não há nada que chame a atenção. É uma Câmara que segue econômica, enxuta e comprometida", analisou Corrêa Neves Jr.  

A audiência pública foi transmitida ao vivo pelo canal aberto digital 61.3, canal 6 da NET e pelo Youtube (https://youtu.be/Sq5p9fIBDK4). Ela também pode ser conferida pelo Facebook (https://www.facebook.com/camaradefranca/videos/530140290861894/).


Artigos Relacionados