Na madrugada de 5ª-feira ainda é visível a chuva de meteoros. Saiba como

Fenômeno é um dos mais antigos que se tem registro e acontece anualmente no meio do mês de abril

Postado em: em Ciência

​A Nasa divulgou um vídeo onde mostra várias bolas de fogo registradas nos céus dos EUA durante a chuva de meteoros Líridas, que acontece nesta semana. 

As imagens foram captadas por uma rede de 17 câmeras localizadas em estados como o Alabama, Geórgia, Tennessee, Carolina do Norte, Novo México, Arizona, Ohio, Pennsylvania e Florida.

A chuva dos meteoros Líridas é uma das mais antigas de que se tem notícia, com alguns registros datando de 2.700 anos atrás. 

Também é bastante regular, acontecendo anualmente por volta do dia 20 de abril, quando nosso planeta cruza uma “nuvem” de detritos deixada pelo cometa Thatcher.

Meteoros Líridas

Os Líridas são conhecidos por produzir “bolas de fogo” brilhantes, resultado da queima de meteoros maiores quando entram em nossa atmosfera. 

Neste ano, a Nasa estima uma média de 15 meteoros por hora.

O pico desta chuva de meteoros ocorreu na madrugada desta quarta-feira (22), mas ela deve continuar até o dia 30. 

O fenômeno é visível a partir das 22h50, e o melhor horário para observar é por volta das 02h da manhã.

"Aqui no Brasil, quanto mais ao norte estiver o observador, mais meteoros terá chance de ver”, explica o astrônomo Marcelo Zurita, diretor técnico da Rede Brasileira de Observação de Meteoros.

“Pessoas em Roraima ou Amapá, em condições ideais poderão observar até 15,3 meteoros por hora. Em Brasília, serão até 11,6, no Estado de São Paulo, 9,9 e para os moradores do extremo Sul do Rio Grande do Sul, apenas 7,2 meteoros por hora", completa.

Veja aqui o vídeo feito pela Nasa.



Artigos Relacionados