Berçário Dona Nina pede ajuda manter seu trabalho social com público infantil

A Câmara destina recursos, mas dependerá da vontade do prefeito para entidade receber

Postado em: em Política

​A Sociedade Espírita Legionárias do Bem protocolou ofício na Câmara dos Vereadores, na última semana, ofício solicitando recursos de R$ 50 mil ao poder público para ajudar no custeio dos trabalhos promovidos em Franca pela instituição filantrópica.

A Sociedade é uma entidade de caráter filantrópico situada na cidade de Franca, fundada em abril de 1965 e que está dividida em departamentos assistenciais. O Berçário Dona Nina é um desses departamentos e foi criado em 1986.

O principal objetivo do berçário é fornecer, gratuitamente, atendimento médico, social, nutricional e de enfermagem às crianças em recuperação da saúde, com encaminhamento médico, vindas de famílias de poucos recursos sócios econômicos ou crianças em risco social.

Atualmente, atende a 35 crianças com idades abaixo de quatro anos e 11 meses, com funcionamento de 24 horas, de segunda a sexta-feira, Esses atendimento se estendem também às famílias, com a oferta de suporte psicológico, orientações, oficinas de geração de renda e recursos necessários para promover o acolhimento de seus filhos.

“Para dar qualidade a todo esse trabalho, o quadro de funcionários conta com profissionais especializados, além de funcionários treinados pare trabalhar neste segmento infantil, o que torna bastante dispendiosa nossa folha de pagamento”, diz a diretoria, no ofício.

A Câmara devolveu recursos para a Prefeitura e incluiu a solicitação para que seja feito o repasse de R$ 50 mil ao Berçário Dona Nina, mas caberá ao prefeito Gilson de Souza (DEM) atender o pedido ou deixar a entidade desassistida.


  • Berçário precisa de ajuda para manter seus trabalhos sociais em Franca. Foto: Adermis Marini

Artigos Relacionados