Aprenda a distinguir os sintomas de Covid-19 e gripe; mas sempre alerta

Para facilitar a diferenciação entre sintomas do coronavírus e da gripe comum, veja alguns pontos essenciais

Postado em: em Saúde

novo coronavírus ou Covid-19, foi identificado em 7 de janeiro de 2020, na China. 

A doença surgiu na sequência de, a 31 de dezembro de 2019, a China ter reportado à Organização Mundial da Saúde.

O país relatou vários casos de doentes com pneumonia de causa desconhecida em trabalhadores e frequentadores do mercado de peixe, mariscos vivos e aves na cidade de Wuhan, província de Hubei. 

Os sintomas reportados por doentes infectados com o COVID-19 são habitualmente febre, tosse e falta de ar.

As complicações como pneumonia e bronquite têm surgido sobretudo em doentes idosos ou com outras doenças crônicas que diminuem o seu sistema imunológico.

O Centro de Prevenção e Controle das Doenças considera que o tempo de incubação do vírus pode durar entre 2 a 14 dias.

Para facilitar a diferenciação entre os sintomas do novo coronavírus e da gripe comum, o Sistema Nacional de Saúde Britânico (NHS) divulgou alguns pontos essenciais a ter em atenção.

Esteja atento a estes sinais:

Febre

Covid-19: comum;

Gripe: comum.

Fadiga

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum. 

Espirrar

Covid-19: não;

Gripe: sim.

Dores no corpo

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum.

Tossir

Covid-19: comum (geralmente seca);

Gripe: comum (geralmente seca). 

Muco ou nariz entupido

Covid-19: raro;

Gripe: às vezes.

Dor de garganta

Covid-19: às vezes;

Gripe: às vezes.

Diarreia

Covid-19: raro;

Gripe: às vezes (sobretudo em crianças). 

Dor de cabeça

Covid-19: às vezes;

Gripe: comum.

Falta de ar

Covid-19: às vezes;

Gripe: não.


Artigos Relacionados