Após denúncia de plágio, Taylor Swift muda logo de novo álbum, 'Folklore

A artista Amira Rasool usou o Instagram para acusar a loira de ter copiado o logotipo de sua marca

Postado em: em Um Toque a +

Taylor Swift vendeu 1,3 milhão de cópias do novo trabalho em 24 horas

Taylor Swift, 30, mudou o logotipo de seu álbum, "Folklore", e de todos os produtos associados a ele após ser acusada de plágio. 

A polêmica teve início no dia 24 de julho, data em que foi lançado o novo trabalho da cantora, quando a artista Amira Rasool usou o Instagram para acusar a loira de ter copiado o logotipo de sua marca online. 

"Hoje de manhã, percebi que a cantora Taylor Swift está vendendo mercadorias para acompanhar seu novo álbum 'Folklore'", iniciou Rasool.

Em seguida a empresária se mostrou surpresa com a semelhança no desenho das duas marcas e também com a coincidência no uso das palavras "The Folklore", por ser similar ao usado em sua empresa, que comercializa exclusivamente produtos com temática africana, segundo a People.

"Estou compartilhando minha história para trazer luz à tendência de grandes empresas / celebridades que copiam o trabalho de pequenos empresários pertencentes a minorias. Não vou deixar esse roubo flagrante passar despercebido", postou Rasool.

Em um comunicado emitido ao programa de TV "Good Morning America" na terça-feira (28), o representante de Swift respondeu às acusações de Rasool. 

"Ontem, fomos informados de uma queixa de que o uso específico da palavra 'the' antes de 'Folklore' em algumas mercadorias do álbum era preocupante. Absolutamente nada que use 'the' antes de 'folklore' será fabricado ou enviado", garantiu o porta-voz da cantora.

A declaração salientou que estava atendendo ao pedido de Rasool: "De boa fé, honramos o pedido dela e notificamos imediatamente todos que encomendaram mercadorias com a palavra 'the' que agora receberão o pedido com a alteração do design", finalizou.

Rasool expressou seu agradecimento e contentamento à equipe de Swift por resolver o problema da melhor maneira: 

"Eu elogio a equipe de Taylor por reconhecer os danos que as mercadorias causaram à marca da minha empresa @TheFolklore. Reconheço que ela tem sido uma forte defensora das mulheres que protegem seus direitos criativos, por isso foi bom ver sua equipe na mesma página ", postou em suas redes sociais, finalizando a polêmica.

"Folklore" foi fruto da quarentena imposta pelo coronavírus, segundo Swift. "Despejei todos os meus caprichos, sonhos, medos e reflexões", afirmou em seu Twitter. 

O álbum já é considerado um grande sucesso pela críticas especializada e também por ter comercializado mais de 1,3 milhões de cópias 24 horas após seu lançamento.


Artigos Relacionados