Amamentar ajuda saúde, desenvolvimento cognitivo e digestivo do bebê

Aminoácido presente no leite materno e outros nutrientes favorecem uma formação saudável ao recém-nascido

Postado em: em nutrição

composição do leite pode variar de acordo com a dieta da mãe e o tempo de lactação.

A mãe deve se preparar para a amamentação. Os cuidados com a saúde durante a gravidez e período de amamentação garantem que o leite materno tenha a composição adequada para o desenvolvimento do bebê.

O leite é a principal fonte de vitaminas A, B12, D, E, K e C, importantes para a nutrição durante o início da primeira infância, atuando no processo de evolução sociocognitiva do recém-nascido.

O glutamato exerce uma importante função no funcionamento do sistema imunológico e saúde intestinal do bebê, principalmente nos primeiros dias de vida.

Os aminoácidos presentes no leite, provenientes da lactose (açúcar do leite) e do glutamato livre são os principais responsáveis por esse funcionamento.

A lactação também beneficia a saúde e bem-estar da mãe. Amamentar facilita a recuperação do metabolismo pré-gravidez, o que permite que a mãe recupere o peso que tinha antes da gestação.

O ideal é que se mantenha uma rotina de amamentação. Se a mãe não puder alimentar o filho, recomenda-se bombear o leite com uma bomba manual ou elétrica. Após o nascimento, a melhor maneira de evitar a congestão mamária é amamentando o bebê com frequência.


Artigos Relacionados