Ainda sem nova data, Enem encerra inscrições nesta sexta-feira, 22 de maio

Apesar do adiamento das provas em razão do coronavírus, com novas datas a serem definidas, o prazo se manteve

Postado em: em Educação

​As inscrições​ para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem​) terminam às 23h59 desta sexta-feira, 22. 

Apesar do adiamento das provas​ em razão do coronavírus, com novas datas​ a serem definidas, o prazo se manteve. 

Até a quinta, 21, mais de 4,3 milhões de estudantes já haviam garantido participação no exame, segundo informações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). 

O Enem 2020 também marca a estreia do Enem Digital, mas as 101,1 mil vagas já estão esgotadas. 

Os candidatos dessa modalidade farão a prova em laboratórios de informática de faculdades em 15 capitais do País.

O adiamento do exame, anteriormente marcado para os dias 1º e 8 de novembro, se deu após semanas de pressão de secretários de Educação, universidades e estudantes, que viam a mudança como a solução mais racional em meio a uma pandemia.

Os inscritos votarão em quando deve ser a prova, por meio de enquete na Página do Participante, limitados a opções entre 30 e 60 dias após as datas originais. Segundo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a escolha será em junho.

Técnicos do Inep estudam a possibilidade de reduzir o Enem a apenas um dia, por conta da pandemia do novo coronavírus. 

Dessa forma, a prova teria menos questões que as 180 habituais — divididas igualmente entre Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, além da redação. 

Uma das alternativas é diminuir para 120, com 30 perguntas de cada área do conhecimento.

Inscrições​

Para evitar erros na hora da inscrição, o Inep recomenda que todos os participantes façam o procedimento com calma. 

O aluno deve verificar cuidadosamente as informações declaradas, pois, após a conclusão, algumas não poderão ser modificadas. Os itens passíveis de troca podem ser alterados somente ao fim do prazo de inscrições.

Os dados que constam na Receita Federal, nome, nome da mãe e data de nascimento, devem ser os mesmos declarados por quem vai fazer o Enem. 

Quando há divergência, o sistema informa que o participante precisa fazer a correção no órgão. A inscrição poderá ser concluída apenas após a atualização dos dados na Receita.

Os inscritos que se enquadram nos requisitos apresentados nos editais como beneficiários da gratuidade da taxa de inscrição ficarão isentos sem a necessidade de um pedido formal. 

Para os demais, a taxa de R$ 85 deve ser paga até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU), gerada ao fim da inscrição.


Artigos Relacionados