“A MÚSICA E OS MÚSICOS"

Postado em: - Atualizado em:

BRASIL PANDEIRO


O samba “Brasil Pandeiro” foi composto por Assis Valente para Carmen Miranda, por ocasião da volta da cantora, após seu período inicial de atuação nos Estados Unidos. Era 1941. Carmen não gostou da composição e a recusou, acabando a mesma por ser lançada em disco pelo grupo Anjos do Inferno. De feitio diferente dos sambas ufanistas que reinavam na época, pode-se classificar “Brasil Pandeiro” como um samba-exaltação com a marca de Assis Valente, um dos autores de maior nome naquela época. Aliás, era ele o preferido dos maiores grupos vocais, bastante em moda nos anos 1940.

Mesmo depois de morto, Assis Valente continuou sendo lembrado. Em 1972 o grupo Novos Baianos regravou e incluiu o samba entre seus maiores sucessos. Vai aí um trechinho pra você recordar e, quem sabe, até se arriscar a cantar :

“Eu quero ver o Tio Sam tocar pandeiro para o mundo sambar/ o Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada/.../Brasil, esquentai vossos pandeiros/ iluminai os terreiros/ que nós queremos sambar, ô-ô...”

Veja aí uma gravação de 1973, à disposição no You Tube, com destaque para as vozes de Baby Consuelo (do Brasil) e Morais Moreira.

I

Fontes : “A Canção No Tempo” – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello

Arquivo Pessoal de Dados

Fotos: Divulgação

*Esta coluna é semanal e atualizada às segundas-feiras