​9 bilhões de moedas estão fora de circulação do comércio no Brasil, diz BC

Para ajudar comerciantes, foram criadas agências para fornecer moedas e notas de R$ 2 e R$ 5 à população

Postado em: em Economia

9 bilhões de moedas estão fora de circulação do comércio no Brasil.

Os cálculos são do Banco Central, que estima que 36% das moedas não estão sendo usadas pelos brasileiros.

Para ajudar os comerciantes na hora de passar o troco, o Banco Central informa que tem um contrato com o Banco do Brasil, que o obriga a ter, em agências especificas espalhadas pelo país, um guichê especial para fornecer moedas, e também notas de R$ 2 e R$ 5 à população.

Sérgio de Castro, gerente técnico do Banco Central, explica que não é preciso ser correntista do Banco do Brasil. Basta o interessado procurar alguma agência, em seu município, que tenha o guichê do troco.

Percebendo uma chance de negócio, o empresário da área de tecnologia, Rodrigo Doria, criou uma plataforma digital, que transforma em pontos o troco que o cliente receberia ao comprar algum produto no comércio. 

A ideia, segundo ele, surgiu após trabalhar em um aplicativo antigo que não vingou e que também tinha ligação com o comércio.

Sérgio de Castro, gerente técnico do Banco Central, afirma que a população deve colocar em circulação as moedas, pois também contribui para a economia de recursos públicos.

A Casa da Moeda é a instituição pública brasileira responsável pela impressão de cédulas, moedas, passaportes, selos e medalhas para o Banco Central.

*Rádioagência Nacional


Artigos Relacionados