2º Festival de Teatro de Passos tem a participação de 180 artistas nacionais

Apresentações gratuitas também acontecerão em Carmo do Rio Claro e Alpinópolis

Postado em: em Um Toque a +

'A Descoberta das Américas', com Julio Adrião é um dos destaques do festival. (Foto: Maria Elisa Franco / Divulgação)

Oito dias de oficinas culturais, exposições e shows musicais ligados às artes cênicas. Esta é a proposta do 2º Festival Nacional de Teatro em Passos (MG), que começa neste domingo (15). O evento terá um total de 40 apresentações gratuitas, distribuídas em várias partes da cidade e também nos municípios de Carmo do Rio Claro (MG) e Alpinópolis (MG).

Cerca de 180 artistas de todo o país estarão presentes. A organização estima um público de 25 mil pessoas para a edição 2018. Segundo o coordenador do festival, Maurílio Romão, em 2018 há quatro dias a mais de evento, dois shows musicais, três oficinas e duas novas cidades participantes. “Somente na organização estão envolvidas 115 pessoas este ano, para que o evento ocorra em vários bairros da cidade. Apenas será centralizado nas duas cidades pequenas que sediam o festival. Cada uma delas terá quatro apresentações”, explica.

Premiação

Os melhores espetáculos serão premiados no dia 23, no Teatro Rotary. Haverá prêmios em dinheiro para o melhor espetáculo e troféus para demais categorias.

Os grupos teatrais concorrem a 12 estatuetas para escolher, por exemplo, os melhores espetáculos (rua, palco e espaços alternativos), direção, ator, triz, ator coadjuvante, atriz coadjuvante, cenário, maquiagem, trilha sonora e figurino.

O homenageado da edição será o professor e historiador “Antônio Theodoro Grilo” que dá nome ao troféu. “Artista local, historiador e antropólogo. Ele tem uma história com o teatro em Passos. Na década de 70, fundou um grupo chamado “Alfa” que fazia apresentações na cidade e foram os primeiros a se apresentar no Teatro Rotary”, justifica Maurílio.

Atrações

Entre as atrações mais esperadas está a peça “A Descoberta das Américas” de Julio Adrião (ganhador do Prêmio Shell) e da oficina com Anselmo Vasconcelos, ator do humorístico “Zorra Total”.

Anselmo Vasconcelos estará na oficina interpretação, teatro e novas mídias. (Foto: Andressa Gonçalves)

As peças serão apresentadas em creches, escolas e em outros pontos da cidade, como na Estação Cultura, no Palácio da Cultura, Teatro Rotary, Casa da Cultura, no Coreto da Praça Matriz e Praça do Rosário.

Oficinas

Ao todo, serão realizadas três oficinas culturais no evento. As vagas são limitadas entre 20 a 40 participantes. As inscrições podem ser feitas até sexta-feira (16), das 13h às 17h, pelo telefone (35) 3021-3606 ou no Teatro Rotary.

Exposição

Na Estação Cultura, o público pode conferir a exposição "Commedia dellárt, Personaggi”, do artista plástico carmelitano Jair Soares Júnior. São 15 pinturas de 50 centímetros representando uma trupe mambembe de comédia, expostas de 16 a 22 de julho, de 9h às 18hs.

A programação completa do evento e informações sobre cada oficina podem ser acessadas no site do festival.


Artigos Relacionados